Fim de semana no Vimeiro

Fomos descobrir porque é que o Ô Hotel do Vimeiro ganhou o prémio Pumpkin Awards da “Melhor Estadia em Família” e concluimos que foi um justo vencedor.

Ô Hotel foi vencedor dos Pumpkin Awards
Ô Hotel foi vencedor dos Pumpkin Awards

Para quem não sabe, explico que os Pumpkin Awards foram os prémios que a Pumpkin organizou mas não escolheu: foram as famílias que nomearam e votaram em que achavam que devia vencer cada categoria.

No caso do Ô Hotel, não o conhecíamos e por isso foi um prazer descobrir um hotel simples mas muito agradável e sobretudo pensado para proporcionar uma boa estadia em família.

DSC_0942

Exemplos vão desde o alojamento – em que as crianças podem ficar no nosso quarto ou em quartos comunicantes (o que é óptimo quando não queremos ir dormir às 21:00), ao Kids Club, em que as crianças podem fazer atividades com supervisão de monitores simpáticos e atenciosos, ao Vimeiro Clube Aventura nas instalações do hotel com atividades ao ar livre e preços especiais para hóspedes, às piscinas interiores e experiores (incluindo uma baby pool) com imenso espaço, e finalmente (last but not the least) show cooking de crepes ao fim de semana. Yummy.

20150710_121930 20150710_122617

O melhor de tudo, provavelmente, é a vista. Linda, sobre o mar e a praia que parecia cenário do conto de Sophia Melo Breyner. Não nos cansamos desta vista e adorámos adormecer com o som das ondas do mar.

Vista dos elevadores do 8º andar do Ô Hotel do Vimeiro

Piscina exterior para crianças do Ô Hotel do Vimeiro

Piscina exterior do Ô Hotel do Vimeiro

Vista da varanda do Ô Hotel do Vimeiro

Nós aproveitámos para descansar porque com o ar saudável do mar até a abobrinha mais velha queria dormir a sesta (a mais pequena tem alergia a sestas e a negociação é muuuuuito complicada), mas ainda conseguimos fazer algumas atividades no Kids club (um giro pinguim feito com garrafas reutilizadas) e dar um passeio até ao Balneário das Termas do Vimeiro. Um percurso lindíssimo, sem carros (o transito é proibido) e com a companhia das andorinhas que voam sobre o rio.

DSC_1078DSC_0999DSC_1022DSC_1061DSC_1019  E depois de um caminho meio a pé meio às cavalitas: CHEGÁMOS!!!

20150711_192423

Fomos até Santa Cruz que nos encantou com a vista (pronto, adoramos o mar e não há nada a fazer) e com pequenos pormenores: os miradouros com protecção do sol ajustável, a azenha do mar onde aprendemos a fazer farinha.

20150710_201745Santa Cruz

DSC_1094DSC_1102

Porque somos foodies (forma anglo-saxonica e mais elegante de dizer que somos uns glutões) pedimos a ajuda do publico e fomos comer ao Restaurante Vela D’Ouro, onde provámos um arroz de lagosta, sapateira e camarão e as meninas comeram uma posta de garoupa, ambos deliciosos. Considerando a quantidade (monstra) o preço foi muito aceitável. Fomos também à Adega do Miguel em Ponte de Rol (entre Torres Vedras e Santa Cruz), onde comemos um bife gigante, também muito bom. Se forem lá, não sigam as direções do google, sobretudo se só tiverem 6% de bateria no telefone. Digamos que andámos 1 hora perdidos pelas aldeias remotas: bucólico, mas péssimo para quem leva duas crianças esfomeadas.

Sendo a costa Oeste, não se promete céu descoberto e as brisas podem ser fortes – o que é optimo para ver os Kite Surfers na praia de Santa Rita. Faz tudo parte do seu encanto 🙂

Para mais sugestões de sítios a não perder, vejam os comentários que as famílias que nos acompanham deixaram aqui:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s