Festa no fundo do mar

Quando começámos a planear a festa de aniversário da abobrinha mini o Oceanário desafiou-nos: que tal fazermos a festa no fundo do mar? Têm novas festas para crianças dos 4 aos 12 anos, perfeitas para a nossa filhota já tão crescida.
Eu, que sou uma mãe com a mania que sou uma Martha Stewart  (e uma perfeita control freak) ainda hesitei, mas quando perguntámos à Amelie se ela queria fazer a sua festa no Oceanário ela ficou encantadissima com a ideia. A Leonor já tinha passado uma semana de férias no Oceanário e adorou, e  por isso era justo a Amelie ter a oportunidade de ter um momento especial também.

Dica: Para saberem mais sobre as festas do Oceanário vejam no seu site. (informações e reservas: 218917000, reservas@oceanario.pt).

Festa de aniversário no Oceanário

Na verdade, desta vez gostei imenso de não ter que me preocupar com a animação e sobretudo com a comida: não foi preciso fazer nada, só indicar quantos convidados iriam.

A marcação e preparação correram lindamente e combinámos fazer a festa no dia dos anos dela, de manhã. Preferíamos inicialmente de tarde, mas como levámos algum tempo a marcar quando nos decidimos já só tinham vaga de manhã.
Dica: marque as festas com antecedência, os espaços e horários mais procurados são escolhidos depressa.

Acabou por resultar melhor assim, houve vários convidados com programas para a tarde, e até a nossa abobrinha acabou por ser convidada para outra festa de anos à tarde também.

Dica: Estas festas estão preparadas para um máximo de 25 crianças, mas se forem menos a experiência até é melhor porque os monitores podem dar mais atenção a cada um, naturalmente.

Convidámos os melhores amigos da Abobrinha menina com os convites que o Oceanário tem disponíveis em rosa ou azul (podem convites em papel ou digitais) e que personalizámos com os nomes das crianças:

Convite para festa de aniversário OceanárioConvite para festa de aniversário OceanárioConvites em rosa ou azul

Os miúdos adoraram e os pais também (fizemos apostas sobre quem era o peixe balão ou o cavalo marinho).

No dia da celebração acordámos todos cedíssimo porque a Leonor estava entusiasmadíssima para oferecer os presentes à irmã e achou que as 5 horas da madrugada era uma boa hora para começar (ainda esperámos um bocado que a Amelie acordasse…)

Dica: Este ano, como a Leonor está cada vez mais crescida e quer participar nas decisões da família, envolvemo-la na escolha e compra dos presentes da irmã. Foi uma ideia excelente (do Frank, justiça seja feita) porque assim ela estava felicíssima com a oferta das prendas, em vez de ter ciúmes ou inveja como tem acontecido neste tipo de situações.

Entre as ofertas tinhamos um fato de sereia, que eu tinha guardado à espera de um dia irmos à EuroDisney, e que era perfeito para este dia (e que a mana combina tão bem com o seu tutu):

Festa no Oceanário da abobrinha

Abobrinhas em pendant para a festa no fundo do mar

?

Abobrinha preparadíssima para receber os convidados

Festa no Oceanário da abobrinha

Abobrinhas prontas a salvar os Oceanos

No dia da festa vieram 18 crianças mais a aniversariante, o pai e a mãe.

Os pais dos convidados deixaram as crianças à hora marcada e vieram buscá-los no final, e aproveitaram o tempo livre para si: alguns visitaram a exposição temporária, outros foram às compras, e todos ficaram contentes. Algumas crianças mais tímidas tiveram uma atenção especial das monitoras e da aniversariante para ficarem à vontade e divertiram-se também.

Nós fizemos selfies parvas enquanto esperávamos os convidados:

Selfies na festa de aniversário

Selfie parva

Logo que os pais partiram as crianças receberam um autocolante com o seu nome e uma imagem do Nemo – faz todo o sentido ter uma foto de um peixe palhaço numa festa. Todos escolheram os seus animais marinhos preferidos  (que iriam procurar no fundo do mar). Entre os mais originais tivemos o “cavalo marinho – mas que não é de terra” e o tubarão serra (um cruzamento entre o tubarão martelo e o peixe serra).

As monitoras do Oceanário Sandra e a Mafalda conversaram com todos os convidados que lhes disseram o nome e contaram qual o seu animal marinho preferido. 

Tudo a postos, partimos para a visita ao Oceanário. Festa no Oceanário da abobrinha

Todos os convidados levaram um colete para se distinguirem dos restantes visitantes e seguiram em pares.

Numa brincadeira, as monitoras disseram-lhes que, por acidente, o bolo de aniversário tinha caído ao chão e era preciso fazer um novo. Os habitantes do Oceanário iam dar uma ajuda para recuperarmos todos os ingredientes necessários.

Festa no Oceanário da abobrinhaProcurámos na selva…

Festa no Oceanário da abobrinhaFalámos com as lontras…

Os animais iam ajudando – o bacalhau deu uma pitada de sal, o coral deu farinha, o tubarão deu ovos…Festa no Oceanário da abobrinhaA Amelie estava concentrada e importantíssima a reunir todos os ingredientes.

Visitámos os vários mares à superfície e depois no fundo do mar, e fomos descobrindo segredos: do bacalhau, do peixe palhaço, dos pinguins…

Oceanário - bacalhau

Os bacalhaus não nascem salgados nos supermercados – podem ver um exemplar no fundo do aquário junto à monitora, que se quis juntar à festa

Festa no Oceanário da abobrinha

Falámos dos vários habitantes do oceano e procurámos distinguir os tubarões meninas dos meninos

Todos adoraram o peixe lua!
Festa no Oceanário da abobrinha

Também aprendemos a distinguir as raias meninas das raias meninos.

Festa no Oceanário da abobrinha

O Tubarão touro é o mais simpático porque está sempre a sorrir (na verdade é porque não consegue fechar a boca) e foi o unico menino que encontrámos (os outros andavam todos a dormir)

Gostámos imenso da visita porque enquanto brincavam e visitavam o Oceanário foram aprendendo e vivendo uma experiência que não teriam se tivessem ido noutra ocasião.

Festa no Oceanário da abobrinha

Depois da visita tirámos uma foto com o amigo Vasco

No fim da visita houve pausa para ir à casa de banho e lavar as mãos, e depois foram para a sala da festa.

Sala da Festa Oceanário

A sala era espaçosa, tinha uma vista linda para o Tejo e estava decorada com o nosso amigo Vasco

Sala da Festa Oceanário

As argolas do chão lembravas bolhas de ar e foram um sucesso.

O lanche estava à espera deles: sandes, bolo de chocolate e iogurte em cubinhos para ser fácil comer, gelatinas, pipocas, batatas fritas e guloseimas. O bolo do Vasco era lindo!

Lanche da festa

Lanche com as comidinhas que eles mais gostam e um bolo lindo.

Festa no Oceanário da abobrinha

Abobrinha agarrada às batatas fritas. 

Enquanto as crianças lancharam, as monitoras pintaram as caras dos pequenos com os seus animais marinhos preferidos – e foram super eficientes, em 15 minutos estavam todos lindos e despachados. Apareceram polvos, cavalos marinhos, nemos, golfinhos, alforrecas…

Ouviamos as musicas do Vasco e as crianças dançavam com os arcos e brincavam com os peluches de animais e com os adereços para tirar fotografias:

Festa no Oceanário da abobrinha

Abobrinha menina sempre pronta a salvar os Oceanos.

Fizeram vários jogos divertidos. Começaram por uma espécie de jogo das cadeiras em que em vez de cadeiras no final da música tinham de encontrar uma bolinha de ar. Como cabiam muitas crianças por “bolha” ninguém perdia.

Festa no Oceanário da abobrinha

Jogo das cadeiras com bolhas (os arcos) – estão todos a dançar como se fossem o peixe balão.

Depois dividiram-se em equipas e fizeram provas de obstáculos, começando por mergulhar passando pela manga verde e atirando os ovos para os salvar dos peixes predadores.

Festa no Oceanário da abobrinha

Todos a postos para mergulhar!

As 3 horas voaram e chegou a hora de cantar os parabéns com o bolo amoroso do Vasco.

Festa no Oceanário da abobrinha

Gostámos tanto do bolo do Vasco!

Os amigos sentaram-se e a Amelie distribuíu as fatias pelos amigos.

Festa no Oceanário da abobrinha

 A Amelie fez questão de ser ela a entregar em mão cada fatia.

Festa no Oceanário da abobrinha

Como o fato de serei era apertado e dificultava a movimentação, o regresso para levar mais uma fatia era feito aos saltos. Por isso e por ela estar tão feliz 🙂

O momento final foi a piñata  (um pedido especial da party planner Leonor para a sua irmã) que correu lindamente, com uma partilha entre quem apanhou mais e quem apanhou menos, que as crianças bem persuadidas são muito justas.

Dica: Podem ver na Pumpkin como a fiz, passo a passo. Levou cerca de 2 horas a completar, na véspera. Recomendo que comecem com mais antecedência 🙂 .

Festa no Oceanário da abobrinha

A piñata com forma de peixe foi feita em 3 horas na véspera, e os miúdos adoraram

Na despedida o Oceanário preparou uma surpresa para todos os convidados: a Amelie ofereceu a cada criança uma lembrança muito gira, um diário de aventura do Oceanário, para eles rechearem com as suas memórias.

Festa no Oceanário da abobrinha

Diário para defensores dos Oceanos

Se valeu a pena? Claramente: uma festa divertida em que eles aprenderam imenso e sem espinhas.

A festa que se segue terá que ser ainda melhor, porque a mais velha agora também quer uma festa como a do Oceanário (nova missão impossível…)

Dica: Para saberem mais sobre as festas do Oceanário vejam no seu site. Informações e reservas: 218917000, reservas@oceanario.pt.

Agradecemos ao Oceanário o apoio na organização desta festa. 🙂

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s